Buscar

Como preparar o regresso às aulas

As escolas abrem em meados de Setembro, pelo que é necessário começar a preparar o regresso às aulas. Os pais e crianças devem ter um período de transição em que as últimas semanas de férias (ou, pelo menos, os últimos dias) já tenham algumas “obrigações” e atividades semelhantes às rotinas escolares.


Arrumar e preparar o espaço de trabalho, comprar os livros e os materiais escolares, saber o horário escolar, são algumas das atividades que ajudam no regresso à rotina escolar, mantendo contudo ainda alguma descontração, com momentos de lazer e diversão. Também é importante começar a definir horários próximos dos que serão nos dias de aulas, sobretudo quanto à questão da hora de deitar. É importante ter uma conversa com o seu filho sobre os novos horários e sempre que tiver que ir para a cama, informe-o antecipadamente: “daqui a 10min terás que ir para a cama”. O seu filho sentir-se-á menos tenso se souber o que vai acontecer e deitar-se-á com menos resistências.


Mãe a ajudar nos TPCs


Outro ponto importante é o espaço de estudo. É ai que irá realizar os TPC. Deverá assegurar-se que o local não tem distrações (TV, internet, telemóvel) e tem boa iluminação. Não permita que ele esteja ligado à internet ou a ver televisão enquanto faz os TPCs.


Logo que saiba o horário das aulas, deverá construir com o seu filho um horário de estudo, em função das horas disponíveis, volume de trabalho e necessidades específicas de estudo. Ajude-o a alterar e adaptar esse horário sempre que seja necessário.


Esta preparação ajuda na transição dos hábitos das férias, diminuindo o impacto e choque inicial com o regresso às aulas. Assim, cumpre a importante função de preparar psicologicamente pais e criança para a rotina diária que se estabelece com o início das aulas.


Muitas crianças entram pela primeira vez na escola, quer no 1º ano, quer no pre-escolar, o que significa para muitos pais um duplo sentimento de entusiamo e apreensão. É também para muitos deles um sentimento de orgulho ao verem os seus filhos começarem uma nova etapa das suas vidas: o ingresso na escola.


A entrada na escola é um acontecimento extremamente importante na vida de uma criança, por corresponder à passagem do “tempo de brincadeira” para o “tempo de aprendizagem”. É importante que os pais preparem com antecedência o seu filho para este momento, de modo que a criança sinta que esta entrada lhe vai trazer maiores responsabilidades, incutir na criança o gosto pela escola, que corresponde a uma forma lúdica e divertida, como uma experiência nova mas agradável. Se deixar essa preparação para o momento exato de ir para a escola, ou se não preparar o seu filho, ele irá viver essa experiência com medo e ansiedade, não estará estimulado, poderá até recusar-se a ir para a escola!


Se a criança não quer ir para a escola, deverá conversar com ela e perceber o que o desmotiva. Tente perceber a origem da recusa. De forma calma, não desvalorize o que ele diz. Oiça-o e tente compreender o seu mal-estar. Mostre-lhe os pontos positivos da escola.


Se a criança muda de escola, aconselha-se que a criança ou adolescente visite a nova escola antes do inicio das aulas, para conhecer as suas instalações, espaços envolventes, transportes, e, se possível, alguns colegas ou professores. Assim, irá diminuir a sua ansiedade inicial e facilitar a sua integração social.


A entrada na escola, o inicio de outro ciclo, a mudança de escola, ou mesmo o retomar das aulas, apesar de constituir um período passível de criar alguns problemas nas crianças, não deixa de ser um momento de crescimento, se for gerido e ultrapassado da melhor forma, sempre com o apoio dos pais.



Em Psicologia Infantil por Elisabete Condesso





57 visualizações0 comentário